sábado, 18 de abril de 2009

Homenagem a Fernando Pessoa

Este é mais ou menos um texto conhecido de Fernando Pessoa, com mais uns arranjos pessoais da minha parte, e que uso muitas vezes para me inspirar a mim e aos que me rodeiam....

Espero que gostem, mesmo que já o conheçam na versão original, sem os meus arranjos!!

A felicidade exige-nos valentia a toda a hora.

"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes mas, não esqueço de que a minha vida é a maior empresa do mundo, e posso evitar que ela vá à falência.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.

Ser feliz é persistemente deixar de ser a vítima dos problemas e de cada um de nós se tornar um autor da sua própria e verdadeira história.

É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma "mais escondida e longínqua".

É agradecer a Deus com valentia a cada manhã pelo milagre da vida e da luz que nos ilumina.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos e emoções.

É saber e gostar de falar de si mesmo, sem preconceitos ou frustrações constantes.

É ter coragem para ouvir um "não" mesmo dos que nos são mais chegados.

É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta e num momento inoportuno.

Pedras no caminho? Todos nós as encontramos!!!

Eu como assim, guardo-as todas e, um dia penso construir um castelo grandioso, num sítio maravilhoso para que daí saia todo o orgulho e bem estar acumulado..."

1 comentário:

ellen disse...

Que giro Carlos! há dias também postei uma pequena poesia de Pessoa :)

Bjinho